Tag: Livros opostos

Oi meninas,
Como estão todas vocês?

Aqui anda chovendo um pouquinho, ainda bem que está aquele friozinho bem gostoso para assistir filme comendo pipoca com brigadeiro (risos). Bom, hoje o papo vai ser um pouco diferente do que de fato trata o blog pois, como sabem, de vez em quando gosto de dar umas dicas legais de leitura para todas vocês e compartilhar esse amor pelos livros que tenho faz alguns anos. Estava passeando pelos blogs e vi a Tag: Livros opostos e achei muito boa, dei uma conferida nos meus queridinhos para ver se tinha livros que se encaixassem nas categorias da tag e me surpreendi bastante, vem conferir comigo?



1. Primeiro livro de sua coleção/Último livro comprado:

O primeiro livro da minha coleção foi um paradidático da 6ª série, isso mesmo, a professora colocou na relação o livro Sempre haverá um amanhã, da autora Giselda Laporta Nicolelis, e minha mãe comprou porque encontrou apenas ele dos sugeridos para a unidade. No início achei que não gostaria de lê-lo mais, quebrei a cara porque amei o livro. Ele trata sobre a história de uma família com filhos, cuja mais nova tem deficiência mental e essa especificidade desencadeia toda uma luta para integrar a filha a uma escola regular, além de tentar protegê-la de pessoas/momentos nocivos. 

O último livro que comprei foi Deixe a neve cair, dos autores John Green; Maureen Johnson e Lauren Muracle, eu li o resumo da parte de trás do livro e o achei bem interessante só que, como não o li ainda nem vou poder falar muita coisa pra vocês agora. Segundo o resumo o livro trás 3 contos de amor por cada um dos autores, levando em consideração que cada um está preso por uma nevasca. 


2. Um livro que você pagou barato/Um que pagou caro:

O livro que paguei mais barato foi Lucíola, de José de Alencar, foi um paradidático meu também e esses livrinhos de literatura brasileira são vendidos a R$2,99 no Atacado dos Presentes, comprei vários desse autor porque adoro a escrita dele, um grande romancista. Lucíola conta a história de uma menina que por necessidade virou cortesã. Ela descobre o amor e passa por algumas dificuldades ao longo do caminho que "escolheu" para viver.

O que paguei mais caro foi Eldest, do autor Christopher Paolini, comprei em uma das bienais que fui e ele me custou belos R$45,50. Eldest é o segundo livro da Trilogia da Herança e conta a história do treinamento de Eragon na cidade dos Elfos, para aumentar seus poderes como cavaleiro de dragões e, paralela a sua história podemos ver a de Roran, seu primo que está sendo caçado pelo Rei por ser parente de Eragon. Gosto da escrita de Christopher, um autor que nos envolve com o universo dos dragões e seus mistérios.


3. Um livro com protagonista masculino/Um com protagonista feminino:

O com protagonista masculino que escolhi foi O ladrão de raios, do autor Rick Riordan, um livro que me fascina pela mitologia grega, sempre fui apaixonada por essa parte da história e quando ganhei esse livro de aniversário eu fiquei louca de amor por ele. O protagonista dessa história atende pelo nome de Percy Jackson, ele é filho de Poseidon e passa por muitos problemas para terminar sua missão de resgatar o raio de Zeus e o Elmo de Hades. Para quem adora histórias relacionadas à mitologia eu indico a leitura da série Percy Jackson e os olimpianos porque vão amar.

O livro com protagonista feminino que separei foi Marcada, das autoras P.C. Cast e Kristin Cast, da série The House of Night. A personagem principal do livro se chama Zoe e ela é uma vampira em transição, como todos os outros que ainda não possuem a marca totalmente completa. Zoe ganha inimigos durante a história só por ser um pouco mais sensitiva do que os outros além disso, percebe que tem amigos de verdade, que estão prontos para apoiá-la, durante um ritual. 


4. Um livro que leu bem rápido/Um que demorou para ler:

Não é novidade para ninguém que sou louca pela saga Crepúsculo e, por conta disso, o livro que li mais rápido - 2 semanas - foi o tão esperado Amanhecer, de Stephenie Meyer, o último livro da saga. Meu namorado meu deu de presente esse livro no nosso 1º dia dos namorados juntos, tive até pena dele depois porque eu o deixei de lado para ficar lendo o livro (risos), malvadeza minha né?! Esse livro conta a gravidez de Bella a partir dos olhos de Jacob, o nascimento de Nessie e a transformação de Bella em vampira. Dividido em 3 partes o livro cativa pela mudança do narrador (Bella - Jacob - Bella) e pela transição da Bella que conhecíamos para a Bella que ela deveria ser.

O livro que demorei mais de 2 meses para ler atende pelo nome de A menina que roubava livros, escrito por Markus Zusak. Como a escrita do autor é não-linear eu sempre parava de ler porque não entendia nada, foi então que uma amiga me disse que pulasse o prólogo e lesse com atenção para identificar o narrador de toda a história, assim eu compreenderia bem o livro. A história da menina que rouba os livros é contada pela Morte, que a segue em todos os momentos até o dia que chega a hora de levar a menina para o descanso eterno. O livro é fascinante quando se percebe as singularidades, demorei para ler mas amei no fim de tudo!


5. Um livro com capa bonita/Um com capa feia:

O livro com capa bonita é o que estou lendo atualmente: O herói perdido, de Rick Riordan. Essa é a série Os heróis do olimpo, ela segue a de Percy Jackson e os olimpianos e trás a história de Piper, Jason e Léo nesse primeiro momento, misturando assim a mitologia romana com a grega e trazendo um universo novo para os leitores. Jason está desmemoriado graças a Hera, que por sua vez foi capturada e está sendo mantida em cativeiro; Piper tem seu pai sequestrado e está na missão de Jason para sabotar tudo e tentar resgatar seu pai das mãos do gigante que o pegou e Léo, o filho de vulcano que matou a própria mãe em um incêndio percebe que foi treinado para essa missão pela sua babá, que também tentou matá-lo enquanto ainda era apenas um bebê.

O livro com capa feia é o primeiro da Trilogia da Herança, isso mesmo, Eragon, de Christopher Paolini. Comprei esse livro na mesma bienal que adquiri Eldest e amei a leitura, a jornada de Eragon para aprender sobre os cavaleiros de dragões, para aprender sobre si mesmo ao lado de Saphira, uma dos últimos dragões vivos. Nessa primeira aventura de Eragon ele conhece Brom, um cavaleiro de dragão antigo que o ensina grande parte do que é ser um cavaleiro e enfrenta muitos perigos graças a um Espectro que, a mando do Rei, tenta matá-lo. De antemão, aviso que esse é o melhor livro da trilogia :)


6. Um livro brasileiro/Um livro internacional:

O livro brasileiro que separei foi escrito foi Poderosa: Diário de uma garota que tinha o mundo nas mãos, escrito por Sergio Klein, e é o primeiro da série que conta a história de Joana Dalva. A protagonista do livro tem um poder diferente pois, tudo que ela escreve vira realidade. Nessa primeira aventura Joana conta o significado do seu nome, os seus dramas familiares e se mete em várias confusões ao descobrir seu poder único. Sergio escreve maravilhosamente bem essa aventura adolescente, indico a série de livros para quem está começando a ler um pouco atrasado, como nos seus 13 anos sabe, vai amar tudo que a Joana escreve.

O livro internacional é um best seller do Nicholas Sparks que nos cinemas foi estrelado pela cantora Miley Cyrus, conhecem A última música? Se não vão conhecer agora! Comprei esse livro em uma bienal também, adoro a escrita do autor, apesar de no final dos livros saber que alguém vai morrer (risos). Esse livro conta a história de Ronnie, uma adolescente revoltada com a separação dos pais, e como foi um verão que ela jamais esquecerá. Além dos dramas da protagonista você também conhecerá Will, o futuro namorado de Ronnie que carrega consigo uma tragédia familiar. 


7. Um livro mais grosso/Um livro mais fino:

O livro mais grosso que tenho é o volume único de As Crônicas de Nárnia, escrito por C. S. Lewis, pois trás os 7 livros dessa série de uma vez só para nossa casa. Comprei essa beleza pelo Submarino numa promoção de fim de ano, paguei bem mais barato do que ele é vendido nas livrarias e me deliciei com toda essa história baseada na Bíblia e posso garantir: é uma maneira bem fácil de entender as entrelinhas do ser superior. No volume único encontramos o surgimento de Nárnia; a história de Pedro, Susana, Lúcia e Edmundo, os grandes reis e rainhas de Nárnia; outras histórias paralelas como o livro que trata da história dos gêmeos; a chegada de Gil, Caspian, Eustáquio e claro o grande Aslam. São muitos acontecimentos em Nárnia, além do final surpreendente de uma linda história. 

Um dos livros mais finos que tenho é Noite na Taverna, escrito por Álvares de Azevedo. Esse livro é o lado Caliban desse romancista que me conquistou em pleno 2º ano do ensino médio, ele trás a história de 5 boêmios e suas mulheres inusitadas. Esses homens contam suas aventuras em uma taverna e nos deixam de boca caída a cada palavra, como por exemplo o homem que, em meio a guerra em um navio, está fazendo amor com a mulher do capitão. Para quem gosta da literatura brasileira eu aconselho esse livro, são 100 páginas de muita história e surpresas.


8. Um livro de ficcção/Um de não ficção:

O livro de ficção é da Stephenie Meyer, a mesma autora da saga Crepúsculo, e também virou filme: A hospedeira. Ganhei esse livro de presente do meu tio e as primeiras páginas foram uma dor de ler pois, achava a história chata e quando estava quase desistindo da leitura começaram as aventuras das protagonistas. Como o nome do livro já diz, a Terra está sendo invadida por uma vida diferente dos humanos e nós estamos sendo corpos hospedeiros para essas novas formas de vida. No entanto, Peregrina não da tanta sorte como outros, ela é colocada no corpo de Melanie, uma humana revoltosa que luta o livro inteiro contra o controle da sua invasora. Ao longo da história Peregrina vai conhecendo Melanie e ajuda os humanos que a humana tanto ama porque se apaixona por eles tanto quanto sua hospedeira. Vale a pena dar uma lida nesse livro, é algo diferente e o misto de sentimentos entre Peregrina e Melanie é algo sensacional.

O livro de não ficção é Um amor para recordar, best seller de Nicholas Sparks, que assim como A hospedeira tem seu filme. Novidade que amo Sparks? Não né! Esse livro é narrado por Landon Carter e vai contar como Jamie salvou sua vida e lhe mostrou o caminho do amor. Landon era um adolescente encrenqueiro que em um castigo conhece Jamie, a filha do reverendo, e se apaixona perdidamente por ela sem saber que a mesma tem leucemia. Comprei esse livro na Saraiva na promoção dos pocket's do autor, foi baratinho e li em pouquíssimo tempo também, cheio de emoção eu fiquei aflita junto com Landon (risos). É lindo!


9. Um livro meloso/Um livro de ação:

O livro meloso é Diário de uma paixão, best seller de Nicholas Sparks, que comprei na Saraiva na mesma promoção que Um amor para recordar. Esse livro também possui filme e uma morte no final, marca do autor. Ele conta a história de Noah e Ally, dois jovens de classes sociais completamente diferentes, que se apaixonam num verão e são separados ao fim do mesmo. Anos depois eles voltam a se encontrar e a chama reacende, na verdade, a chama nunca se apagou. Noah é um homem simples, que reconstrói a casa dos seus sonhos ao gosto da sua eterna amada; Ally é uma menina rica, cheia de sonhos, livre, que está destinada a estudar em uma das melhores universidades do país e deixar tudo que vive com Noah para trás. 

A droga do amor foi o livro que escolhi com mais ação da minha coleção (risos), escrito por Pedro Bandeira, ele é o segundo livro de uma série - a qual esqueci o nome - e também foi meu paradidático. Nas páginas desse livro você vai encontrar a história dos Caras, apaixonados pela única menina do grupo - Magrí - que por sua vez, decidi ir atrás dos cientistas que descobriram a cura para o mal do século: o amor. Após toda a investigação, correria e dos problemas que o grupo precisa superar, eles fazem uma grande descoberta sobre a possível cura para o amor e começam a cogitar o que a população pensará quando souberem toda a verdade. Esse livro é um paradidático um pouco complicado para aqueles que, leram na mesma idade que eu, se encontram nos 12 anos de idade, talvez os detalhes mais preciosos possam ser esquecidos então, quem se interessar em lê-lo fique bem atento ok!

Bom meninas é isso por hoje, o post ficou longo não foi? Me desculpem por isso só que eu precisava dar uns resuminhos e responder a tag né. Espero que tenham gostado e que se interessem pelas leituras, são ótimas e cada uma com uma riqueza única. Bom, além disso tenho uma pergunta: quem ai vai para a HairNor 2014? Eu estarei lá para conferir a feira e mostrar a vocês aqui no blog, não vão perder né? Vejam as informações abaixo:

 
A feira acontecerá no Centro de Convenções do dia 31/05 ao dia 02/06, as entradas estão sendo vendidas por R$10,00 em qualquer loja que vá expor na feira de beleza. Estão todas convidadas e o Vidro Colorido estará lá cobrindo o evento e aguardando todas. Inté mais meninas :*
Comentários
2 Comentários

2 comentários :

  1. Adorei as dicas, super interessantes
    Tudo de bom a feira,eu não vou.
    Ótima quinta-feira para vc!
    Obrigada pela visita.
    Beijos Coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com vontade de ler o 1 *--*

    http://tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/
    Instagram - @samaralima_03

    Beijos ♥♥

    ResponderExcluir

Olá, meu nome é Ízis Miranda, sou pernambucana e tenho 25 anos. Especialista em Educação Física Escolar, maquiadora e colecionadora de sonhos. Apaixonada por fotografia, moda, maquiagem, filmes, literatura, chocolate, basquete, dança e esmaltes! Autora do Vidro Colorido, meu diário virtual sobre o universo feminino.

Facebook

Youtube

Postagens populares

Arquivos

Publicidade

Tecnologia do Blogger.
 
Todos os direitos reservados 2016 - 2017 | Design E Programação: Espalhando Bonitezas